Conheça os perigos do chocolate para cachorro

Você sabia do perigo do chocolate para cachorro?  O chocolate, principalmente aquele mais escuro, contém em sua composição a teobromina, que é uma substância que estraga o sistema nervoso dos cachorros. Isso porque essa substância pode provocar nos cachorros: o aumento da pressão arterial, crises de alergia, taquicardia, dentre outros.

A grande quantidade de açúcar que também é encontrado no chocolate, podem causar problemas dentários como: cáries. Infelizmente a maioria das pessoas que gostam de cachorro, acreditam que depende muito da quantidade de chocolate dada, ou seja, para o cachorro ficar intoxicado a quantidade dada a ele deveria ser maior. Mas, engana-se quem pensar assim.

Como exemplo: para seu cachorro chegar até a morrer, se ele pesar 12 kg e você der apenas 12g, já será uma quantidade considerável para que isso aconteça infelizmente. Pode até não parecer uma grande quantidade, porém, como já foi dito pode causar uma intoxicação e levar até a morte. Então, se seu cachorro comeu sem querer um pedacinho de chocolate, fique atento alguns sintomas de uma possível intoxicação:

Veja Alguns dos sintomas

  • Vômitos;
  • Diarreias;
  • Tremores;
  • Agitado;
  • Taquicardia;
  • Febre;
  • No aumento de consumo de água;
  • Aumento do volume de urina;
  • Convulsões; 
  • Respiração acelerada e arritmias.

Infelizmente esses não são os únicos problemas que pode ser causado aos cachorros, devido ao consumo de chocolate. O chocolate por ser rico em gordura pode desenvolver uma inflamação no pâncreas do cachorro, causando diarreia, febre, dor abdominal, mal-estar e gases. Para que seu cachorro não sofra todos esses sintomas citados provocados por uma intoxicação devido o consumo do chocolate, é preciso ter o máximo de cuidado.

Como você viu o perigo do chocolate para cachorro, não é apenas na quantidade, eles realmente não podem comer chocolate. Por isso evite deixar os chocolates em locais que os cachorros tenham acesso fácil. Procure dificultar o máximo, colocando em armários e lugares altos como prateleiras. 

Leia também como escolher ração para cães de pequeno porte aqui

Gostou? Deixe seu comentário para nós! Curta e compartilha com os amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp